Texturização de coquinhos: Minhas considerações

18.4.17
Quando disse que havia entrado na transição pela segunda vez só que não, eu testei a texturização com papel alumínio e o resultado foi satisfatório achei que ficou lindo, texturizou legal e ok – Só que agora como o meu cabelo tá curto, eu achei que seria melhor fazer a texturização de bantu knots, mais conhecida como coquinhos e não to conseguindo gostar do resultado final. Já fiz essa técnica três vezes e uma das vezes eu fiz quatro coquinhos que deixou o meu cabelo onduladinho e que adorei. 
Esse cabelo só ficou assim, bonitinho, por algumas horas 

Agora, quando eu fiz com mais coquinho o cabelo cacheou bastante, o que é um ótimo resultado, mas ficou puro nó! Não tinha condição de passar os dedos pra dar uma separada legal, sem contar também que não durou nada. Chegou no meio da tarde o cabelo tava um horror, pura bagunça.

Os produtos que usei foram os mesmos da texturização com papel alumínio. Acredito que para os cachos fixarem melhor, usar algum spray depois vai segurar melhor, eu não usei por que não tenho.
Outra sugestão que recebi da Sam, foi usar óleo de coco para ajudar a separar os fios. Como eu também não tenho em casa usei aquele óleo da garnier de cachos, aquele roxinho e não consegui separar direito.

O que conclui? Que no meu cabelo só usando quatro coquinhos pra dar um efeito legal e não embaraçar, mais que isso, não rolou. Vou continuar tentando pra ver se consigo achar um jeito do cabelo não ficar todo cheio de nó e bonito pelo menos por um dia. Quem tiver alguma dica pra compartilhar, me ajuda ai! 

Ah! quando entrei em transição lá em 2014 fiz um post com vários vídeos e tem um ensinando como faz.

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada pela visita e pelo comentário!
Eu sempre respondo todos os comentários, então volte sempre!
* Clique em notifique-me pois quando eu responder uma notificação irá para o seu e-mal.