Volta as aulas 2016 com representatividade

29.1.16

Quando estudava a parte mais legal de voltar para a escola era ir escolher o material escolar, sempre fui viciada em artigos de papelaria, então entrar em uma é ficar em dúvida sobre o que escolher. Meu primeiro emprego foi em uma papelaria e o mês de Janeiro logicamente é o mais movimentado. Listas e mais listas, mães e crianças querendo personagens específicos etc.

Antigamente não sabia nada sobre representatividade, feminismo e a importância de personagens negros e então não dei tanta bola pra isso, mas quando trabalhava lá, uma moça na negra foi até a papelaria para perguntar se nós tínhamos alguma mochila com uma personagem negra para a sua filha e por sorte achamos uma que era de uma personagem pouco conhecida, mas que fez a mãe sair de lá super feliz e com um sorriso no rosto.

Claro que ainda falta muito, mas já é um começo! Por isso que a campanha que estava rolando por ai #NãoVejoNãoCompro é mais que válida.

Ps: Em 2010 mais ou menos o caderno da Tilibra das Menininhas a personagem negra tinha cabelos crespos.
Ps2: Caso achem mais cadernos, mandem fotos pelos comentários.

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada pela visita e pelo comentário!
Eu sempre respondo todos os comentários, então volte sempre!
* Clique em notifique-me pois quando eu responder uma notificação irá para o seu e-mal.