Afropunk, afropunk, afropunk!

28.4.15
O movimento afropunk tornou-se um movimento que comemora a criatividade e a liberdade da cultura negra alternativa. Matthew Morgan juntamente com o cineasta James Spooner foram responsáveis pela criação dessa subcultura de punks negros na América, a sua intenção era espalhar mensagens muito mais positivas de liberdade, tudo isso lá em 2002. Três anos depois, em 2005 o primeiro festival anual Afropunk na "Brooklyn Academy of Music" reuniu fãs de black music e arte.
"O festival é construído em torno da noção:"Vamos todos ficar livres pelo menos um final de semana de cada ano*", disse Mogan
Segundo o Sr. Wikipédia o afropunk tornou-se um movimento comparável aos submovimentos do punk como o movimento da comunidade gay conhecido como Queencore que é um movimento ligado ao punk rock e ao harcore rock com a militância lgbt, e o das mulheres conhecido como Riot Grrrl, movimento hardcore punk e rock feminista.
Muitas cores, acessórios, cabelos black power compõe os looks dos frequentadores do festival aonde a unica ''regra'' é ser livre - porque atitude eles tem de sobra!

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada pela visita e pelo comentário!
Eu sempre respondo todos os comentários, então volte sempre!
* Clique em notifique-me pois quando eu responder uma notificação irá para o seu e-mal.