Toques não solicitados: dar ou não?

10.6.14
Tenho uma amiga que não faz sobrancelha. Nunca fez. Boa amiga que sou, em qualquer oportunidade aviso que a vida dela seria muito melhor se desse uma delineada naquele matagal. 
.
Um pouco antes do natal, tive uma crise de insanidade e resolvi comprar aquela caixinha de mechas californianas de farmácia. Obviamente ficou uma merda, e no dia seguinte comprei um Koleston da Xuxa Morena para tentar consertar o estrago.
Daí dia desses a Clara, boa amiga que é, me alertou que o Koleston tava desbotando e meu cabelo estava ficando ruim.
.
Teve também a vez que fui numa festa muito maravilhosa em que pessoas jogavam glitter umas nas outras enquanto o DJ tocava chorando se foi.   Estava lá, dançando toda animada com minhas amigas, quando notei que o cabelo de uma delas estava meio ouriçado. Como boa amiga que sou, dei um toque que o cabelo estava armado.
.
O que essas histórias tem em comum? Amigas, com as melhores das intenções, dando pitaco onde não foram chamadas.
Antes da Clara dizer que minha cor tava uma bosta, estava achando ela ótima.
Antes de avisar a amiga coberta de glitter que o cabelo estava armado, ela dançava como se não houvesse amanhã feliz da vida.
A outra passou 30 anos sem achar a sobrancelha um problema.
Vivemos numa sociedade tão cagada, em que é tão comum ficar apontando o que achamos errado nos outros o tempo todo, que às vezes acabamos fazendo isso sem querer, com quem a gente ama e quer apenas o bem.
Se minha amiga tá feliz com a sobrancelha/cabelo armado/raiz descolorida dela, por que diabos que vou cagar na felicidade dela com minha opinião não solicitada? Minha opinião é apenas isso: minha opinião. E deve ser guardada para mim até que seja pedida.
Foda-se se eu acho que é para o bem dela. Quem decide isso é ela mesma.
Então esse post é apenas um pedido de desculpas para todas as amigas que já dei toques não solicitados e uma promessa de que no futuro guardarei minhas opiniões para mim.
A não ser que você esteja com comida nos dentes, daí acho que é dever cívico avisar.

2 comentários:

  1. Eu adorei. Já passei e ainda passo tanto isso na minha vida. Mas quer saber? meu cabelo continua armado e eu continuo dançando como se ninguém estivesse olhando. E mais: aprendi tanto a gostar de mim mesma, que estes dias numa indireta sobre meu cabelo na internet ( sabia que era pra mim pq a pessoa já tinha feito aquele comentário e decidiu expor ele na web!) curti e concordei e o resultado? fui bloqueada e chamada de sem noção! Aí a lição: será que as pessoas que dão pitaco sem serem perguntadas, estão realmente querendo o nosso bem estar? Tenho minhas dúvidas!
    Beijos
    www.oestranhomundodecamila.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cami [posso chamar assim?], adorei esse comentário!
      Acho que todos nós já passamos por alguma situação assim ou sem querer já soltou algum comentário desse. Infelizmente, nós não temos muita noção e ''aprendemos'' que meter o nariz aonde não devemos é legal ou até mesmo um conselho/dica, mas cá entre nós, não é bem assim né?

      Acho que você está certissima, continue dançando e continue com o seu cabelo super armado [por que o meu é armado também] e jamais ligue para opiniões alheias.

      Beijão

      Excluir

Obrigada pela visita e pelo comentário!
Eu sempre respondo todos os comentários, então volte sempre!
* Clique em notifique-me pois quando eu responder uma notificação irá para o seu e-mal.