Um pequeno texto sobre liberdade e nossas escolhas

15.4.14
Certa vez ouvi dizer que para a mulher ser feminina ela não poderia ter pelos, pois mulheres com pelo é falta de higiene, nojento e que apenas homens podem ter. Mas ainda bem nunca ouvi isso dentro de casa, a maldade e preconceito vinha de fora. Quando disse a minha mãe que queria me depilar ela gritou comigo por uns bons minutos e dizia que era frescura eu tirar os meus pelos e hoje, eu percebo o quanto fui influência indiretamente por ter essa vontade. Tive essa vontade de me depilar pois as minhas amigas não tinham e se tinham logo se depilavam - Não demorou muito tempo para eu me depilar sozinha e me machucar toda.

Há mais ou menos um ano atrás eu li um texto que nunca mais saiu da minha cabeça, o titulo diz o seguinte: Esse texto é sobre a sua repulsa à pelos. A dona do texto é a Jéssica Ipólito dona do blog gorda&sapatão. Que aborta temas como o feminismo, o lesbianismo, sexualidade e o mais importante mostra a liberdade. 

Logo quando eu comecei a abordar o tema feminismo nesse blog, logo de cara esse texto me veio em mente. Pensei até em repassa-lo para vocês poderem ler, mas achei melhor não, pois queria dar a minha opinião e dizer o que penso sobre pelos, é pelos (por isso liberdade e nossas escolhas).
Os pelos nascem em regiões estratégicas do seu corpo, como forma de proteção àquela região. Os pelos detectam corpos estranhos antes que os mesmos possam adentrar algum orifício do teu corpo. Nossos pelinhos nasceram e cresceram nos seus devidos lugares de onde nunca precisariam sair. (Parágrafo 3) 
 Hoje em dia, não aceito mais argumentos que envolvam as palavras ''falta de higiene'', ''homem pode mulher não'', ''é nojento'', ''eu acho nojento, mas não ligo'' e a que eu mais leio é: "DEIXA OS PELOS NA AXILA, MAS A SOBRANCELHA ESTÁ SEMPRE FEITA" (Moça, você é muito ignorante e machista) ou qualquer outra frase seguida da sua repulsa por pelos. E vocês já viram em filmes e séries americanas que quando se trata de depilação (a famosa depilação brasileira) o Brasil é meio zoado por conta disso, pois acho que aqui as mulheres se depilam muito.

Só sentimos nojo, porque fomos ensinados a sentir.
Entendem? O problema central, aqui e agora, não é NINGUÉM DEVE DEPILAR mais. Mas sim PORQUE MEU PELO TE INCOMODA?(Parágrafo 4)
Eu tenho alergia a lâmina, por isso tenho que esperar algumas semanas para poder me depilar novamente. Antigamente isso me incomodava horrores, morria de vergonha de sair na rua. Hoje em dia isso não me incomoda mais. Mas ainda prefiro raspar por não gostar de pelos mesmos, mas quando está calor e quero sair de shorts por exemplo, não fico mais paranoica e saio do jeito que eu estiver. E sim, tiro os pelinhos que estão fora do lugar da sobrancelha, raspo a axila quando julgo muito necessária e sou feliz assim, sem alergia e sem coceira.
Manter os pelos das pernas/axilas não me deixará menos ''feminina'', OK? 
Essa foto acima é do Coletivo Além, aonde eles fizeram um ensaio político-poético, composto de imagens, que se propõe a causar reflexão sobre a naturalidade dos pelos em nossos corpos. É necessário pensar por que são geradores de tanto asco e por que nos mutilamos frequentemente para nos livrarmos deles. Compreendemos que vivemos em uma sociedade permeada por um machismo que corrói nossas relações e comportamentos, que define opressão cruel às mulheres, e buscamos combatê-lo!

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada pela visita e pelo comentário!
Eu sempre respondo todos os comentários, então volte sempre!
* Clique em notifique-me pois quando eu responder uma notificação irá para o seu e-mal.