Feminismo!

3.2.14
"Não somos culpados do nosso machismo. Fomos criados nele e é difícil abandonar certos hábitos. Mas somos culpados de continuar a propagá-lo, especialmente depois de percebermos que ele existe."Por tanto tempo nós mulheres sofremos por causa desse mundo machista, e o feminismo está ai para mostrar que ninguém tem o direito de nos dizer o que devemos ou não fazer ou que devemos ou não vestir, então tire o seu machismo da minha postagem.

Os movimentos feministas são, sobretudo, movimentos políticos cuja meta é conquistar a igualdade de direitos entre homens e mulheres, isto é, garantir a participação da mulher na sociedade de forma equivalente à dos homens. A luta dos movimentos feministas não se esgota na equalização das condições de trabalho entre homens e mulheres. Trata-se de modificar a concepção, naturalizada, de que a mulher é mais “frágil” que o homem.

Eu demorei um bom tempo para perceber o quão machista era e só depois que abri os olhos vi que isso é horrível. Um exemplo clássico de machismo é: ''mas ele pode porque é homem'' -  nunca pensei que ficaria tão confusa na hora de escrever sobre isso, parei para refletir e acho que talvez eu não saiba o suficiente e precise de certa forma aprender mais ou são tantos pensamentos e algumas duvidas que acabo ficando confusa.

Desde que (re)descobri o feminismo aquela frase: “O problema não é ver machismo em tudo, o problema é não ver”. Faz todo sentido.

O feminismo tem toda a sua história dividida em três momentos, o primeiro foi motivado pelas reivindicações por direitos democráticos. Como o direito a voto, divórcio e trabalho. Já o segundo momento foi marcado pela busca da igualdade jurídica e social da mulheres. E o terceiro momento foi marcado pela construção de uma luta sindical.

Com o objetivo de acabar com a exploração comercial realizada contra as mulheres, cerca de 400 ativistas aproveitaram o curso de miss América no dia 7 de Setembro de 1968 para fazerem um protesto que ficou conhecido como “Bra-Burning”, ou em português “Queima de sutiã”. Assim elas colocaram no chão do espaço, sutiãs, salto alto, cílios postiços, sprays de laquê, maquiagens, revistas, espartilhos, cintas e outros objetos que representam a “beleza” feminina. Só que a “queima” propriamente dita nunca aconteceu, uma pessoa sugeriu que tocassem fogo, mas isso não aconteceu pois não foi permitido (porque não era um local público) então sendo assim, a queima propriamente dita foi criada pela nossa boa e velha mídia (manipuladora).
 Só para esclarecer, o feminismo não é o inverso do machismo porque o machismo é o ''poder'' do homem  sobre a mulher já o feminismo é a luta por igualdade de direitos e de tratamento

Toda a semana juntamente com meu parceiro e melhor amigo, irei fazer postagens sobre o feminismo pois é um assunto que precisa ser abordado, pois assim estaremos cada vez mais criando pessoas com opiniões diversas  sobre o assunto. Beijos e até semana que vem.

2 comentários:

Obrigada pela visita e pelo comentário!
Eu sempre respondo todos os comentários, então volte sempre!
* Clique em notifique-me pois quando eu responder uma notificação irá para o seu e-mal.